Dinâmicas, teatro cristão, festas, meditações, poesias, jograis, e outras ideias…

Posts marcados ‘dinâmica para casais’

SE EU FOSSE VOCÊ…

SE EU FOSSE VOCÊ…

 

 

MATERIAL: Acessórios de uso feminino e masculino. Dois brindes bem legais para cada casal, que estimule um bom desempenho dos casais participantes. Sugestão: um kit de produtos cosméticos masculinos e femininos.

 

OBJETIVO: O cônjuge terá um melhor conhecimento de como é visto pelo outro, pois a maneira que nos vemos não é a mesma como o outro nos vê. As respostas serão divertidas e algumas serão surpreendentes. É uma brincadeira, mas é também uma oportunidade do cônjuge conhecer melhor o que o outro pensa a seu respeito.

 

DESENVOLVIMENTO:

- Simular um programa de TV. Criar um nome para o apresentador, por exemplo, “Faussão” ou apresentadora “Bebe Amargo”. O apresentador convida dois casais, de preferência que sejam extrovertidos, para participar de um bate-papo ao vivo sobre a família. Mostrar os brindes dos patrocinadores para incentivá-los. Pedir para irem para os bastidores, onde a produção vai prepará-los. Enquanto isso o apresentador pode fazer alguma brincadeira ou sorteio com a platéia, ou chamar uma apresentação artística.

 

- Nos bastidores a produção explicará que cada casal irá trocar de identidade como no filme “Se eu fosse você”. O marido vai responder às perguntas como se fosse sua esposa e vice-versa. Pedir para o casal trocar um com o outro todos os acessórios que estiverem usando, como boné, colar, relógio.  Prender brincos no homem com fita adesiva e passar batom. Usar grampos para prender o cabelo da mulher. Acrescentar os acessórios da produção, como peruca, bigode, lenços.

 

- Colocar um trecho de uma música para iniciar o programa. O apresentador anuncia o programa “OS ANORMAIS” e chama os casais pelos nomes trocados, que serão entrevistados no quadro especial “SE EU FOSSE VOCÊ”.  Alternar as perguntas entre os entrevistados, sendo que as mais polêmicas e engraçadas deverá fazer a todos.

 

- Um animador de platéia mostra a placa “aplausos” nos momentos oportunos. Se não houver palco é melhor que os entrevistados fiquem em pé para melhor visualização.

 

SUGESTÕES DE PERGUNTAS:

  1. 1.      Como é sua rotina no dia-a-dia?
  2. 2.      E nos dias de folga, o que gosta de fazer para relaxar?
  3. 3.      Qual sua idade? Você tem alguma dificuldade em revelar sua idade?
  4. 4.      Gostaria que algo fosse diferente em seu corpo? Faria uma cirurgia estética? Qual?
  5. 5.      Você tem filhos? Como foi o parto? (perguntar para as “esposas”)
  6. 6.      Você teve desejos na gravidez? Acha que é um desejo real ou só manha? (perguntar para as “esposas”)
  7. 7.      Seu filho já fez pirraça em público? O que você fez?
  8. 8.      Você tem TPM? Como se sente? (perguntar para as “esposas”)
  9. 9.      O seu trabalho te estressa muito? Quando chega estressado em casa, como sua esposa reage? (para os “maridos”).
  10. 10.   O seu companheiro (a) é ciumento (a)? Ele (ela) pagou mico por ciúme?
  11. 11.   O que ela (ele) faz que te tira do sério?
  12. 12.   O que mais admira nele (a)?
  13. 13.   Dar dica conjugal para seu (sua) companheiro (a), começando com a frase: “se eu fosse você…”

 

- Manter a entrevista enquanto estiver “dando ibope”, ou seja, enquanto esteja interessante. A produção ajudará avisando quando o “ibope” cair ou quantos minutos faltam para o programa sair do ar. No final agradecer a participação e dar os brindes, entregando produtos femininos para os homens e os masculinos para as mulheres.

TESTE: VOCÊ CONHECE SEU CÔNJUGE?

TESTE: VOCÊ CONHECE SEU CONJUGE?

 

MATERIAL: Meia folha de papel e caneta.

OBJETIVO: Quebra-gelo. Melhorar o conhecimento entre o casal e do grupo.

DESENVOLVIMENTO: Vamos fazer um teste para saber o quanto vocês se conhecem. Vocês não podem ver a resposta um do outro, por isso agora vão se separar no mínimo 2 metros. Escreva o que lhe for pedido em relação ao seu cônjuge, aquilo que é característico dele ou dela, que o identifica. Porém tem que ser rápido, escreva a primeira palavra que lhe vier à mente. Você tem 10 segundos para cada palavra. Numere a folha de 1 a 7. Escreva o que acha que seu cônjuge responderia:

1-       Comida

2-       Lugar

3-       Lazer

4-       Medo

5-       Paixão

6-       Irritação

7-       Especial

- Chamar 5 casais voluntários para apresentar suas respostas (esta quantidade pode variar conforme o tempo disponível).

- Primeiro a mulher diz sobre si mesma qual teria sido sua resposta ao 1º  item e o marido diz o que escreveu sobre ela, e assim a cada item. A cada acerto ele faz um ponto. Depois troca.

- Somar os pontos de cada um para saber quem conhece melhor o outro.

- Opcional: Somar a pontuação total do casal e dar um brinde aos de maior pontuação.

AVALIAÇÃO:

- Pedir aos demais casais que se juntem novamente e dar alguns minutos para avaliarem as respostas um do outro.

Perguntar:

- Há alguém que não acertou nada?

- Há alguém que acertou tudo? Aplausos…

- Alguém se surpreendeu com as respostas do cônjuge e quer comentar?

MINISTRAÇÃO: Em alguns casos a convivência não é suficiente para conhecer bem o outro, pois há pessoas que, para evitar o mal estar das discussões, omitem suas opiniões e sentimentos. Principalmente as mulheres fazem isto, mas há homens que também agem assim. Ao contrário do que pensam os bem intencionados, esta atitude mais atrapalha o relacionamento do que ajuda, pois quando sufocamos as emoções vai se formando uma pressão interna que provavelmente virá à tona em forma de explosão. Ou estes sentimentos vão sendo enterrados cada vez mais fundo até o ponto de não restar nem os sentimentos positivos e o casamento acaba.

Obs: Se vai haver uma palestra sobre o assunto após a dinâmica, pode-se omitir a ministração, deixando-a a cargo do palestrante.

QUAL A SENHA?

QUAL A SENHA?

MATERIAL: 10 Faixas de papel com 10 cm de largura (uma por pessoa) e canetas hidrocor.

OBJETIVO: Quebra-gelo. Testa o quanto o casal se conhece.

DESENVOLVIMENTO:

- Pedir 5 casais (ou mais, conforme o tempo disponível) que venham à frente, separando os homens das mulheres. Pedir aos casais que pensem, apenas pensem e não falem uma palavra que seja muito especial para ambos, algo que marcou o casamento. Esta palavra seria a senha para abrir o arquivo chamado “Nossa História”. Cada um vai tentar descobrir a palavra que o outro pensou.

- Pedir aos casais que escrevam a senha em grandes letras de forma na faixa. Separar os casais para que o cônjuge não veja. Pedir ao marido dela que fique de frente para a platéia. Mostre a senha por trás dele, de forma que só ele não leia (ou projete a palavra na parede usando um projetor).

- Para ajudá-lo a descobrir, a esposa vai fazer apenas uma pergunta, que é a dica da senha.

Exemplos:

            – Qual a senha para abrir seu coração? Ou…

            – Qual a senha que resume nossa história? Ou…

- Qual senha é o segredo da nossa felicidade?

- Se o marido acertar será aplaudido. Após, será a vez da esposa tentar descobrir que palavra ele pensou.

- Opcional: os casais que tiverem mais acertos ganham um brinde.

MINISTRAÇÃO: Se o seu companheiro ou companheira não descobriu a palavra que você pensou, não fique desapontado. Nem sempre aquilo que nos parece óbvio está óbvio para o outro. Há casais que se entendem apenas com o olhar. Há outros que tem dificuldade na comunicação. É sinal que precisam investir mais no diálogo e assim evitar muitos mal entendidos no relacionamento.

Obs: Se vai haver uma palestra sobre o assunto após a dinâmica, pode-se omitir a ministração, deixando-a a cargo do palestrante.

MEDIDOR DE ESTRESSE (adaptado da ideia de alguém)

MEDIDOR DE ESTRESSE

MATERIAL: Balões de duas cores, uma cor para os homens e outra para as mulheres.

OBJETIVO: Conscientizar o casal da necessidade de não permitir que ansiedades e irritações do dia a dia sejam transferidas para o relacionamento, pois de tanto “encher a paciência” do outro, ele poderá “explodir”. (Dizer só no final).

DESENVOLVIMENTO: Cada um de vocês  recebeu um balão e ele é um “medidor de estresse”. Vamos medir o nível de estresse do seu relacionamento, proveniente das ansiedades e irritações do dia a dia. A cada pergunta que fizermos, se a resposta for NÃO ME ESTRESSO, não sopre. Mas se for:

            – ME ESTRESSO UM POUCO – dê um sopro

            – ME ESTRESSO BASTANTE - dê dois sopros

            – ME ESTRESSO E VOU EXPLODIR! - dê três sopros

1-       Quando seu cônjuge atrasa…

2-       Quando seu cônjuge deixa as coisas bagunçadas…

3-       Quando seu cônjuge não avisa que vai demorar…

4-       Quando seu cônjuge não ajuda a controlar os filhos…

5-       Quando seu cônjuge está nervoso com o trabalho…

6-       Quando seu cônjuge traz o trabalho para casa…

7-       Quando seu cônjuge não tem tempo para os filhos…

8-       Quando seu cônjuge não tem tempo para você…

9-       Quando seu cônjuge se esquece dos compromissos…

10-   Quando seu cônjuge não cumpre ou adia as promessas…

11-   Quando seu cônjuge reclama demais…

12-   Quando seu cônjuge te dá um gelo e fica amuado…

13-   Quando seu cônjuge se fecha para o diálogo…

14-   Quando seu cônjuge só vê os defeitos…

15-   Quando seu cônjuge não se dá bem com seus familiares…

16-   Quando seu cônjuge faz greve de carinhos e tudo o que vem depois…

17-   Há quantos anos estas coisas te estressam? Dê um sopro para cada 5 anos…

AVALIAÇÃO:

- Peça só as mulheres para levantarem os balões, depois só os homens. Quem anda mais estressado?

- Peça aqueles cujos balões estouraram para levantar a mão, primeiro às mulheres, depois os homens.

- Perguntar: Quem anda mais estressado? Por quê?

- Perguntar: Quem não tinha percebido que seu cônjuge estava tão estressado?

- Pedir que conversem por alguns minutos sobre duas questões: O que eu devo fazer para me estressar menos com estas e outras situações? O que eu posso fazer para ajudar o outro a ter menos irritações e melhorar nosso relacionamento?

MINISTRAÇÃO: Pedir que repitam Filipenses 4:5 a 7. Entregue no altar tudo que está trazendo-lhe ansiedade e tirando sua paz e do seu cônjuge. Peça ao Senhor que te encha com o sopro do seu Espírito. Que os frutos do Espírito de Deus que habita em você possam encontrar espaço para crescer e amadurecer em seu coração…

Obs: Se vai haver uma palestra sobre o assunto após a dinâmica, pode-se omitir a ministração, deixando-a a cargo do palestrante.

EU SOU… VOCÊ É…

               EU SOU… VOCÊ É… 

MATERIAL: Dois pedaços de papel e caneta para cada casal.

OBJETIVO: Quebra-gelo. Testa a imagem que têm um do outro.

DESENVOLVIMENTO:

- Cada pessoa vai escrever no papel: “Eu sou” e na linha de baixo, “Você é”.

- Pedir a cada um que complete a frase “Eu sou” com o nome de um personagem de desenho animado de filmes ou quadrinhos com o qual mais se identifica.  Na linha de baixo, completar a frase “Você é” com o personagem de desenho animado que mais lembra seu cônjuge, mas nenhum pode ver a resposta do outro. Cada um vai tentar descobrir qual personagem o outro pensou.

- Chamar um casal de cada vez. Pedir à esposa que leia primeiro o que respondeu na frase “Eu sou…” e dizer o porquê. Depois ela perguntará ao cônjuge “Quem você acha que eu sou?”. O marido dará a resposta que escreveu e explicará por que a identificou com aquele personagem. Cada coincidência será aplaudida.

- Depois é a vez do marido dizer o que pensa sobre si e perguntar à esposa o que escreveu.

- Opcional: os casais que tiverem mais acertos ganham um brinde.

MINISTRAÇÃO: As respostas serão divertidas e algumas serão surpreendentes. A maneira que nos vemos não é a mesma como o outro nos vê, portanto é normal alguns se surpreenderem e até discordarem da resposta. É apenas uma brincadeira, mas é também uma oportunidade de conhecer melhor o que seu cônjuge pensa a seu respeito. É uma oportunidade de se abrirem mais ao diálogo e assim melhorar o relacionamento.

Obs: Se vai haver uma palestra sobre o assunto após a dinâmica, pode-se omitir a ministração, deixando-a a cargo do palestrante.

DE QUEM É?

               DE QUEM É…?

MATERIAL: Uma caixa de papelão e uma caixa de sapato vazias.

OBJETIVO: Quebra-gelo. Testa a atenção dos maridos.

DESENVOLVIMENTO:

- Separar os homens e pedir para virarem de costas para as mulheres. Peça a cada mulher um objeto pessoal que ela acha que o marido vai reconhecer. Pode ser sapato, enfeite de cabelo, chaveiro, etc. Não vale coisas que estão sempre à vista, como brinco e colar, nem que possuam identificação, como celulares. Colocar os sapatos na caixa grande e os pequenos objetos na caixa menor.

- Pedir que todos se assentem.

MOTIVAÇÃO: As mulheres dizem que os homens são muito distraídos. Isto é verdade? Bem, hoje vamos tirar a dúvida, vamos testar como anda a atenção dos maridos.

- Mostre um objeto e pergunte aos maridos: De quem é este objeto? Se o marido reconhecer, ganha um beijo de brinde… Da esposa, claro!

MINISTRAÇÃO FINAL: Há homens atenciosos, que percebem os detalhes em suas esposas. E há outros tão distraídos que se a mulher pintar os cabelos de roxo, talvez não percebam. É importante o marido notar quando a esposa se esforça para ficar mais bonita, pois isto será um incentivo para ela se cuidar ainda mais. Porém, se o marido não notar as mudanças que ela fizer, isto não significa, necessariamente, que ele não está interessado nela, mas pode ser simplesmente uma característica de sua personalidade, o famoso “marido desligado”. A mulher que tem uma boa autoestima compreenderá isto facilmente. A que estiver insegura terá dificuldades, mas precisa aceitá-lo como é, não vale a pena quebrar a paz do lar por isso.

Obs: Se vai haver uma palestra sobre o assunto após a dinâmica, pode-se omitir a ministração, deixando-a a cargo do palestrante.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 468 outros seguidores